REVIEW: "The Imagineering Story" (Disney+)


A plataforma de streaming da Disney chega dia 17 de novembro (e a assinatura já pode ser feita a partir de 17 de outubro) e os valores já foram anunciados: R$ 29,90 por mês (ou uma assinatura anual de R$ 290, o que dá um desconto de R$ 58,00).

E pra começar os trabalhos, o post de hoje vai apresentar um dos programas do catálogo que vem por aí.



The Imagineering Story

"A História do Imagineering" é uma série documental lançada em 2019 que foi criada, dirigida e produzida por Leslie Iwerks, sim, a neta de Ub Iwerks, a lenda da animação que foi o cocriador de Oswald, o coelho e do nosso rato mais amado, Mickey Mouse.

O foco da série são os Walt Disney Imagineerings, o grupo de pesquisa e desenvolvimento criativo responsável pela criação e construção dos parques Disney em todo o mundo. Fundado pelo próprio Walt Disney para supervisionar a produção da Disneyland (Califórnia, o primeiro parque a ser erguido), o grupo era conhecido como WED Enterprises (WED = Walter Elias Disney). A série vem pra mostrar a história desse grupo, desde a criação até os dias atuais, assim como a construção e processo criativo dos parques Disney e de suas atrações e rides.

O documentário é dividido em 6 episódios de 1h e é exclusivo do serviço de streaming.

Vamos aos episódios?

1) "The Happiest Place on Earth" (O lugar mais feliz do mundo):

Mostra a criação e a evolução da Disneyland da Califórnia e as suas atrações até a morte de Walt Disney. Também mostra um pouco da New York World's Fair em 1964 e a sua importância para o crescimento da Disney nos EUA.

(Foto: "The Imagineering Story")


2) "What Would Walt Do?" (O que Walt faria?):

O 2º episódio dá sequência ao que acontece após a morte de Walt Disney. Roy Disney, seu irmão, tem que assumir a supervisão das construções e da inauguração do Walt Disney World com o primeiro parque do complexo, o Magic Kingdom, a elaboração do conceito do EPCOT e a primeira expansão internacional, o Tokyo Disneyland.

(Foto: os secretos "utilidoors" do Magic Kingdom - "The Imagineering Story")


3) "The Midas Touch" (O toque de Midas):

Neste 3º episódio, vemos Michael Eisner e Frank Wells assumirem o comando da Disney. Também temos a construção do 3º parque do complexo de Orlando, o MGM Studios (atual Hollywood Studios) e o projeto da Euro Disneyland, que foi inicialmente um fracasso.

(Foto: a montanha-russa "Big Thunder Mountain" vista de cima - "The Imagineering Story")


4) "Hit or Miss" (Ou vai ou racha):

O documentário aborda o sucesso da Disney Cruise Line, o 4º e último parque de Orlando (Animal Kingdom) e a expansão do completo do Japão com o Tokyo DisneySea. Também vemos os projetos não realizados da Disney's America e WestCOT e as falhas dos seguintes parques: Disney's California Adventure, Walt Disney Studios Park (Paris) e Hong Kong Disneyland.

(Foto: entrada da Hong Kong Disneyland - "The Imagineering Story")


5) "A Carousel of Progress" (O carrossel do progresso):

No penúltimo episódio, Bob Iger já está no comando da empresa. O California Adventure é reformulado com a criação da área de "Carros" e reestruturação de algumas atrações: como por exemplo a adição do personagem Jack Sparrow no "Pirates of Caribbean", inclusão de personagens Disney no "It's A Small World", a criação da "Mystic Manor e da "Ratatouille: L'Aventure Totalement Toquée de Rémy". A Disneyland Shanghai também é anunciada.

(Foto: Bistrot Chez Rémy na Disneyland Paris - "The Imagineering Story")


6) "To Infinity and Beyond" (Ao infinito e além): 

E finalmente, no último episódio vemos a inauguração da Disneyland Shanghai, o lançamento aclamada área de Pandora - The World of Avatar no Animal Kingdom e a mais ambiciosa área de todos os 4 parques, o Star Wars Galaxy's Edge no Hollywood Studios.

(Foto: inauguração da Galaxy's Edge - "The Imagineering Story")


Gabi te conta: assisti ao documentário e...

Assim que o documentário foi lançado eu fiquei ansiosa demais para assistir. Para nós, que amamos a Disney além dos filmes e dos parques, que sonhamos com aquele lugar e que cada vez que estamos lá, nos sentimos como se estivéssemos em nossa casa, o documentário é um cobertor quentinho.

Todo amante de Disney sempre quer saber mais e mais sobre os parques. O documentário traz não só a história deles e de como foram construídos, mas também os desafios de cada parque, curiosidades, detalhes jamais vistos... É incrível poder ver esse mundo tão de "perto" assim por uma tela. Nos sentimos dentro daquela comunidade.

Para mim, o ponto forte do documentário é poder ver filmagens antigas tanto do próprio Walt quanto das construções dos parques: ver aquela ideia sair do papel e ser construída, ver as atrações sendo idealizadas, ver atrações que não existem mais... Tudo é mágico e novo! Para mim, foi muito especial ver como algumas das minhas rides preferidas foram pensadas e montadas. Também foi nostálgico poder ver lugares da "minha casa", Magic Kingdom, que não são mostradas geralmente, como os andares debaixo ou a parte de backstage.

O documentário é interessantes para quem não conhece a Disney e quer saber mais ou para os que conhecem e querem matar saudade. Mas ele é mais que especial para os que têm carinho pelos parques e por todo o complexo Disney. Vale a pena ver e rever.

Estrelas da Gabi: ⭐⭐⭐⭐⭐

----

Me sigam no Instagram para mais conteúdos! E no YouTube para vídeos das rides, dos parques e dos hotéis!

Até o próximo post.
ºoº

Postar um comentário

2 Comentários

  1. Eu não sabia que o Walt Disney não tinha conhecido o Magic Kingdom, fiquei muito surpresa!! Estou louca para ver a série :D.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Siiim, é muito triste saber disso, né? Ele só conheceu o parque da California... Nenhum dos de Orlando. =/

      Excluir